DebugOnTheTable – Logs – Parte 1

Um dos grandes problemas na hora de se desenvolver para o Magento, é saber encontrar os erros, que eventualmente encontramos durante o desenvolvimento, seja no front-end ou em extensões e módulos.

Além disso, manter um sistema de logs limpo (não estou falando de deletar o seu conteúdo), poderá fazer seu ecommerce rodar mais limpo e melhor, já que os dados dos arquivos de logs normalmente são de erros no desenvolvimento, as vezes coisas simples, como uma tag mal fechada ou uma variável não utilizada, mais também podem nos relatar grandes problemas, como incompatibilidade de módulos, problemas nos servidores ou com o banco de dados.

A grande questão dos arquivos de logs do Magento é saber interpreta-los, o que para a maioria das pessoas, inclusive muitos desenvolvedores, é uma tarefa difícil.

Para isso, podemos usar de alguns recursos de debug, que vão desde os mais simples, até os mais complexos. De inicio, vamos começar pelos métodos mais simples, usando recursos do Magento, mais para frente, vamos avançar para o Debug com IDE’s.

Ativando logs na administração

Acesse a administração do Magento, e siga estes passos:

Conforme todo o artigo deste blog, por questão de padronização, irá utilizar-se a navegação dos menus em inglês, já que no Brasil, ainda não há um consenso sobre as traduções, que invariavelmente mostram muita variação ao nome dado aos recursos, como por exemplo, template, que é identificado como layout, design, visual, estrutura visual, modelo, etc. Caso você não saiba mudar o idioma, apenas da administração, segue este tutorial.

– No menu superior, acesse System>Configuration
– No menu lateral esquerdo, acesse bem na parte inferior do site, em ADVANCED, a opção Developer.
– Agora, na aba Log Settings, ative a opção Enable, mudando a opção de NO para YES.
– Depois desta etapa, no canto superior direito, clique no botão alaranjado Save Config

Agora, quase todos os erros, que eventualmente aparecem durante o desenvolvimento irão aparecer nos arquivos system.log e exception.log, que ficam localizados nas pastas:

[PASTA_DE_INSTALACAO_DO_MAGENTO]/var/log/

Agora, de maneira pratica, caso você queira “debugar” (leia-se depurar) algum item que esteja apresentando erro, como por exemplo, num módulo que trabalha com coleções de produtos, e que por ventura esteja apresentando erro, ou até mesmo, para visualizar o valor de uma variável em determinado ponto do seu condigo fonte, podemos usar, dentro das chaves de abertura do php, é claro, o código abaixo:

Mage::log($variavel);

Para facilitar, eu coloco um identificador, principalmente quando os logs apresentam muitos erros e você não faz ideia da onde que vem.

Mage::log(“Ponto 1 - ”.$variavel);

Assim você pode identificar o erro mais facilmente nos arquivos de logs. Vale a pena ressaltar que o código acima envia o conteúdo que esta sendo analisado para o arquivo system.log, e este recurso pode ser usando tanto para debugar os arquivos no front-end, como nos arquivos de módulos e extensões.

Na próxima matéria, iremos falar um pouco de como descobrir qual arquivo xml editar, quando vemos o erro:

ERR (3): Warning: simplexml_load_string() [<a href='function.simplexml-load-string'>function.simplexml-load-string</a>]: Entity: line XX: parser error : Start tag expected, '&lt;' not found in [MAGENTO_ROOT]\app\code\core\Mage\Core\Model\Layout\Update.php on line XXX

[toggle title=”Fonte”]
http://www.brascommerce.com.br/blog/
[/toggle]

2014-08-29T14:10:46+00:00

RECEBA DICAS VALIOSAS NO SEU EMAIL

x