Log no Magento – Utilizando e criando logs customizados

Em toda aplicação, assim como no Magento, é muito importante a existência e boa gestão dos Logs. Log nada mais é do que o registro de eventos relevantes para o sistema, e os logs podem ser usados para os mais diversos fins como, debug, auditoria, análise de brechas na segurança/manutenção preventiva e análise de comportamente/estabilidade, entre outros.

E como criar logs no Magento?

O magento já possui funcionalidade nativa de criação de logs que pode ser ativada/configurada no painel de administrador em Sistema > Configuração > Desenvolvedor. Além disso você pode implementar nos seus códigos novos registros que serão enviados para o log do Magento.

Tal método é implemento na classe Mage e pode ser utilizada da seguinte forma:

Mage::log('Meu aviso');
Mage::log('Minha variavel: '.$minhaVariavel);
Mage::log($meuArray);
Mage::log($AlgumObjetoQueNaoConheco);
Mage::logException($e); //Exceção

Na configuração padrão, todos os logs serão inseridos no arquivo /var/log/system.log ou no arquivo que você configurou no back-end. Já as exceções tem como padrão o arquivo /var/log/exception.log. Os array e objetos já são escritos com o método print_r() quando utilizamos o método de log da classe padrão do Magento (Mage). Para objetos muito grandes, pode ser quase impossível utilizar esse método devido a extensão do objeto, que acabará por gerar muito texto e ficará difícil achar algo. Nessas situações você pode tentar utilizar o método debug: $obtejo->debug(), porém não são todos os objetos que possuem esse método.

Você também pode criar seus próprios arquivos de log no Magento. Isso é muito útil no caso de você estar criando um módulo (extensão) e quer diferenciar os eventos do seu log do mar de eventos do Magento ou mesmo de outros módulos.

Para isso basta usar dessa forma:

MMage::log('Log do meu novo modulo', null, 'meuArquivo.log');

O seu arquivo ‘meuArquivo.log’ será encontrado em /var/log. Porém isso não pode ser feito para exceções, elas são sempre geradas no arquivo exception.

Caso você precisa de mais dicas sobre como debugar no Magento, clique aqui (inglês)

[toggle title=”Fonte”]
http://denisspalenza.com/
[/toggle]

2014-08-29T14:05:07+00:00

RECEBA DICAS VALIOSAS NO SEU EMAIL

x