O Ninja em WordPress encontra o Magento

E o que acontece?

Nada, quer dizer quase nada…

Bom dia, boa tarde, boa noite

Eu posso dizer com clareza total que mesmo se eu não entendesse nada em CMS, mas trabalhando com Magento, eu teria certeza que WordPress é WordPress, Magento é Magento, Joomla é Joomla, são coisas completamente diferentes, não só para você que está lendo e talvez não seja da área mas por incrível que pareça isso não é aceito por muitos programadores CMS no Brasil.

magento-ninja-wordpress-imagem-01

Para diferenciar melhor vamos destacar a função de uma forma bem básica de um sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS) e uma plataforma de comércio eletrônico.

Um sistema de CMS basicamente cria um site com pouco ou nenhum conhecimento técnico em programação, as vezes basta o usuário instalar o CMS, um template, módulos necessários e começar a postar conteúdo, criar menus, tags, artigos, cadastro, formulários, contato que ele já está usando muito do que um sistema de CMS é capaz de oferecer.

Agora uma ferramenta de comércio eletrônico possibilita você sem também ter muito ou nenhum conhecimento técnico em programação, construir sua própria loja virtual, também com a instalação da framework, templates e módulos.

Porém daí para frente a coisa muda e muito de figura.

Um sistema de e-commerce além de gerenciar o mesmo que um CMS, ele ainda controla produtos, clientes, pedidos, estoques, promoções, carrinho de compras, newsletters, tributos, webservices, leiautes.

E além disso os módulos instalados em um sistema são completamente diferentes do outro, um módulo de CMS geralmente tem a ver com fóruns, área de login e senha, área restrita de usuário, galeria de imagens, gerenciamento de comentários e por aí vai.

Não que um Magento não possa ter isso, pode mas não faz muito sentido quando o intuito da loja (reparem que não disse site, são duas coisas que já estão ficando bem diferentes tb) é oferecer produtos e um caminho para o usuário entrar na loja e vender seus produtos, é como comparar uma loja de roupas com uma escola de moda, as duas coisas podem coexistir, isto é genial porém nunca uma será a outra e vice e versa.

Tá você pode até estar pensando: “Eu não posso vender produtos em minha loja?” ou “O Magento não aceita CMS e inclusive tem um menu para isso”.

Isso mesmo, você vai no ponto assim, o Magento tem UM menu para CMS portanto CMS é apenas uma função dele, através dai eles fazem o que um CMS que se presa faz, criam páginas, artigos, links, recursos wysiwyg, mas é somente aí e se você tem um CMS e quer vender algo nele, com certeza você desenvolverá do zero ou estará dependente de vários módulos que trarão a funcionalidade de loja virtual para seu site.

Mas ainda não terá todas as funcionalidades e sua loja corre o risco de ficar amarrada, ou seja, muitos módulos que você instalaria com facilidade para controle de estoque, de entrega, de imposto, de checkout, gateway de pagamento dependerão de sua plataforma.

E mesmo que você consiga um ambiente de loja virtual para inserir dentro do site, no frontend é quase a mesma coisa, porém por trás, o que você vê, são duas coisas bem diferentes, vai acabar virando uma espécie de Magento dominando seu CMS, as duas coisas são bem acopláveis, inclusive muitos aconselham isso, porém são duas coisas completamente diferentes.

Portanto se você conhece WordPress e quer conhecer Magento ou vice-versa o caminho sempre será novo, procure utilizar seu conhecimento para tentar fazer um paralelo entre as duas tecnologias porém sempre tenha em mente que você irá apanhar um pouco ou bastante conforme seu nível de conhecimento para dominar a plataforma.

Tanto é que hoje em dia a tendência é a segmentação deste tipo de profissional: Aquele que faz site não é aquele que faz portais para internet que também não faz loja virtual que também não é quem administra a loja virtual, que vocês vão ouvir muito falar ainda do Merchant, é como comparar o ofício do professor, do jornalista e do lojista e como programador terá que conhecer as nuancias de cada uma dessas áreas o que mais se poder assemelhar é a função de programador backend que trabalha com programação, porém como cada plataforma é focada em atender ou o interesse do professor ou do jornalista ou do comerciante o programador terá diferentes funções para aprender tudo de novo.

Algumas referências importantes

http://www.hardware.com.br/artigos/cms/

http://escolamagento.com/cms-magento/

http://broadcastlouder.com/2011/11/choosing-the-right-cms-and-e-commerce-platform-for-your-online-creative-business/

Este ultimo link ele separa bem os dois sistemas e aconselha o uso em conjunto, como este é um post básico para você saber que existe a diferença futuramente iremos abordar os modos se ter um ambiente único de site com loja virtual, com E-Commerce Platform e com CMS.

2017-01-24T20:24:40+00:00

RECEBA DICAS VALIOSAS NO SEU EMAIL

x